Nó em Gravata

Gravata... e agora

Quando o assunto é nó em gravata percebemos que é realmente, um complicado problema para muitos homens por aí, o que, aliás, é aceitável. Se você não é daqueles que usa este acessório no dia a dia, o nó de gravata é uma barreira a ser superada.

Você não precisa mais passar aperto na próxima vez que precisar usar uma gravata, basta seguir algumas dicas que com certeza se sentirá tão seguro de si quanto qualquer um dos demais candidatos à vaga, tão elegante quanto qualquer um dos outros convidados da formatura, e tão à vontade quanto os demais padrinhos do casamento.

Estilosos

Encontrei algumas dicas muito interessantes e achei que seria legal postar aqui para vocês, mas não precisa siga-las como se fossem dogmas, afinal são apenas para que seja possível dar os primeiros passos nas próximas vezes em que uma ocasião social ou profissional exigir o uso da gravata, mas depois crie ou escolha seu próprio estilo!

  • 1. Acerte nos componentes: Para não errar, nas situações em que você acha necessário usar uma gravata, use também o sapato social, o terno e a camisa de manga comprida. Outras combinações são até possíveis, mas não são para principiantes.
  • 2. O mix correto: Você pode usar uma gravata “diferente” (me refiro as cores, e não em estampas do Mickey…) se quiser passar uma mensagem, ela não precisa combinar com as cores da roupa, mas se estiver em dúvida combine a cor da gravata primariamente com a do terno, e faça contraste com a cor da camisa.
  • 3. Acerte o comprimento da gravata: Quando você estiver de pé e relaxado (na postura com que você caminha), a ponta da gravata deve tocar ou no máximo cobrir a fivela do seu cinto. Abaixo ou acima disso você vai chamar a atenção de forma negativa. Dê uma olhada em algum filme antigo dos Trapalhões e você vai entender e outra coisa… nunca use por dentro da calça.
  • 4. Não se aperte: em geral, a sensação de aperto no pescoço quando se usa gravata não é causada pelo nó da gravata, mas sim pelo colarinho mais apertado do que devia. Para evitar, escolha bem as suas camisas! Quem usa colarinho número 5 em geral consegue abotoar os colarinhos número 4, mas aí passa o evento inteiro sofrendo. Outra dica é caprichar no barbear, e sempre com alguma antecedência.
  • 5. A gravata vem por último. Coloque-a só depois de já ter vestido e ajustado todas as demais peças, incluindo as que são essenciais para a própria colocação da gravata (camisa, calça e cinto).
  • 6. Escolha boas gravatas. As mais formais são lisas (sem estampa ou padrão) e escuras. As de melhor qualidade costumam ser 100% seda. Para não errar, você pode usar sem medo também as de listras coloridas (geralmente diagonais), e as de padrões repetidos (bolinhas, texturas…), mas neste caso, quanto menor o detalhe do padrão, melhor.
  • 7. Não compre gravata de nó pronto: Aquelas gravatas com zíper podem parecer muito práticas, mas você não tem como ajustar a altura delas, elas estragam facilmente, e simplesmente não causam o mesmo efeito. Da mesma forma, para cuidar bem de suas gravatas e aumentar sua durabilidade, guarde-as lisas, sem o nó.
  • 8. Você não precisa de um prendedor de gravatas: Sem este acessório seu visual ficará mais limpo com menos informação. O prendedor deve ser usado somente quando há a necessidade de se prender a gravata por motivos práticos do tipo: quem trabalha ao ar livre somente de camisa e gravata sem o paletó precisa do prendedor para evitar que a gravata fique “voando” e quando quiser ou se fizer necessário o seu uso é importante ressaltar que o ponto correto para prendê-lo é 20 cm acima da ponta da gravata, prendendo à camisa e não deve ser usado em ocasiões formais.

Hoje em dia existem em torno de 85 tipos de nós de gravatas diferentes (ufa!), mas vou mostrar aqui os tipos de nós mais famosos, os necessários para você ficar preparado para enfrentar qualquer ocasião. Antes de tudo, é bom você saber que cada nó é adequado para determinado tipo de tecido da gravata, estilo e também para cada tipo de ocasião, claro.

Bom, chega de papo e vamos direto ao assunto.

Listei, a seguir, os tipos de nós e as suas características. Olhem só:

Nós em gravatas

Four-in-Hand – Modelo mais simples e básico que existe. Quanto ao quesito tipo de tecido e ocasião, ele é o mais versátil e é relativamente fácil de fazer, embora seja uma sequência de vários passos. A sugestão é praticar na frente do espelho várias vezes, desfazendo o nó a cada vez, até estar seguro de que sabe fazê-lo. (Eu tentei e consegui, é muito fácil basta treinar para ficar craque!).

Nó Simples

Four in hand

 

Windsor – Um nó mais elegante, cheio e formal. Sua característica dupla faz com que ele se adeque melhor aos colarinhos mais abertos e exigindo uma gravata de tecido mais leve e fino, especialmente seda pura. Pode ser usado diariamente, e não é tão fácil de fazer quanto o Four-in-Hand.

Sequência Windsor

Semi Windsor

Meio Windsor ou Semi-Windsor – É uma variação do nó Windsor, sua característica é de um nó meio duplo, também para ocasiões mais formais e consta que são os tipos de nó mais usados no Brasil, portanto vale a pena conhecê-los e praticá-los regularmente, mas lembre-se de ajustar bem o nó, deixando-o alinhado à camisa e ao colarinho.

Tipos de nó

Shell – Pense em um nó ao contrário. Difícil, né? Pois é, esse é o Shell, um estilo usado por poucos.

Nicky – Agora, pense em um nó de cabeça para baixo, esse é o Nicky. Compacto, simétrico e de tamanho médio, funciona em diversos tipos de tecidos.

Borboleta – O nó borboleta é mais indicado para ambientes muito formais ou de uma forma mais casual, se for usado em uma composição mais estilosa, por exemplo.

Nó Borboleta

Ediety – Lembram-se do personagem Merovingian, do filme Matrix? Então, este estilo ficou famoso após ser usado pelo personagem da trilogia. É um estilo um tanto quanto complicado, porém, é muito elegante e também uma garantia de que você vai surpreender e impressionar.

Nó Merovingian

Para não errar: 
Camisas lisas podem ser usadas com gravatas lisas ou estampadas.
Camisas estampadas (listras, xadrez), até podem ser usadas com gravatas estampadas (para um estilo mais arrojado), mas não convém, é melhor optar pelas lisas.
Prefira sempre tom sobre tom para as lisas ou estampadas. Ou seja, utilize tons como o vinho, o lilás, outras nuances de rosa ou, no caso de gravatas estampadas, fundo escuro (se o terno é escuro) com as estampas nas cores citadas anteriormente.

Abaixo segue uma tabela com outras dicas sobre o que combina com o quê.

Tabela de combinações

A regra mais importante para combinar a camisa, o terno e a gravata estão na escolha de qual das partes quer destacar no look. Para usar gravata listrada sobre camisa listrada você deve escolher qual delas terá estampa mais larga e chamativa, enquanto a outra deve ser o mais discreta possível.
O mesmo vale para combinações com xadrez ou em ternos com riscas mais grossas.
Mais algumas regrinhas que podem ajudar:
Camisas com listras finas – gravatas em padrões grandes.
Camisas com listras mais largas ou mais espaçadas – gravatas em padrões pequenos.
Terno risca de giz – camisa lisa – gravata com listras diagonais ou xadrez.
Camisa de listras – terno liso – gravata lisa, com listras diagonais ou xadrez.

 

ELAS também podem….

Por volta dos anos 80 as mulheres adotaram as gravatas em suas produções e o acessório deixou de ser exclusivamente masculino. Hoje em dia está super em alta agregar peças de roupas masculinas em produções femininas, o chamado boyish. Vejam como fica estiloso:

Estilosas

Fotos/Imagens: Reprodução da Internet.

Achou complicado, difícil? Então, sempre que precisar volte aqui e reveja essas dicas fáceis e práticas para você arrasar no estilo!

Espero que tenham gostado deste post.

Beijokas, Val

Um comentário sobre “Nó em Gravata

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s